Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Como se prevenir contra o coronavírus no trabalho

Como se prevenir contra o coronavírus no trabalho

por Suporte publicado 13/03/2020 10h10, última modificação 13/03/2020 10h12
Cuidados simples no dia-a-dia, como lavar as mãos, cobrir nariz e boca ao tossir e espirrar, são os principais para evitar a transmissão do vírus

Como já é de conhecimento do mundo todo, a Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou nessa quarta (11) a pandemia de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2). Segundo o órgão, o número de pacientes infectados, de mortes e de países atingidos deve aumentar nos próximos dias e semanas, porém a OMS ressalta que a declaração não muda as orientações, e que os governos devem manter o foco na contenção da circulação do vírus. Mediante a isso, vamos trazer aqui algumas dicas básicas de como se prevenir contra o vírus.

O trabalho é um local onde infecções respiratórias como o novo coronavírus têm grande potencial de multiplicação. Pois, estamos falamos de lugares em que as pessoas ficam juntas por horas, conversando umas com as outras e compartilhando os mesmos equipamentos e outros materiais que podem alojar o vírus. A prevenção contra a transmissão do novo coronavírus exige cuidados simples no dia a dia, como lavar as mãos, cobrir nariz e boca ao tossir e espirrar. Essas são algumas medidas que ajudam a evitar a propagação do vírus, até porque essas táticas, embora destinadas para o novo coronavírus, também ajudam a conter outras enfermidades contagiosas.

A higienização de cadeiras, mesas, telefones, teclados, computadores e outros equipamentos precisam ser feita com pano e desinfetante regularmente. A utilização de lenços descartáveis, também, é um método que você pode usar no trabalho para assoar o nariz ou tossir sem espalhar gotículas com vírus próximos as pessoas. Se não tiver um lenço à disposição no momento, cubra a boca e o nariz com o antebraço ao tossir ou espirrar. E lave o braço assim que possível.

Veja abaixo as principais dicas para se proteger:

1 – Lavar as mãos até a metade do pulso, esfregando também as partes internas das unhas

2 – Usar álcool 70 para limpar as mãos antes de encostar em áreas como olhos, nariz e boca

3 – Tossir ou espirrar levando o rosto à parte interna do cotovelo

4 – Evitar tumulto

5 – Usar máscara caso aparente sintomas

6 – Evitar tocar nariz, olhos e boca antes de limpar as mãos

7 – Manter a distância de um metro de pessoas espirrando ou tossindo

8 – Limpar com álcool objetos tocados frequentemente

9 – Evitar cumprimentar com beijos no rosto, apertando as mãos ou abraçando

10 – Evitar sair de casa, caso apresente algum sintoma da gripe

11 – Utilizar lenço descartável quando estiver com o nariz escorrendo

12 – Higienizar com álcool 70 objetos que são tocados com frequência como maçaneta, teclado, corrimão, aparelho de telefone, botões

13 – Informar-se sobre os métodos de prevenção e passar informações corretas

DADOS - Segundo a OMS, o número de casos fora da China aumentou 13 vezes e o número de países afetados triplicou. São mais de 118 mil casos ao redor do mundo e 4.291 mortes. 90% das infecções do mundo vêm de 4 países: além da China, a Itália, o Irã e a Coreia do Sul têm as maiores quantidades de casos de Covid-19. No Brasil, 52 casos da infecção no país já foram confirmados. Outros 21 casos no país, também, podem ser possíveis confirmações, o que totalizará 73 casos.

Entre o dia 25 de fevereiro e 11 de março, 39 casos foram notificados como suspeitos, no Estado de Pernambuco. Destes, dois tiveram testes positivos para o novo coronavírus. O restante 22 foram descartados, 14 estão em investigação e um é provável. Além de Pernambuco, ao menos oito estados e o Distrito Federal já confirmaram casos da infecção.

SINTOMAS - Tosse seca (ou com secreção), febre (acima de 37°) e cansaço são os principais sintomas, mas alguns pacientes podem sentir dores no corpo, congestionamento nasal, inflamação na garganta e/ou diarreia. Em casos mais graves, que geralmente ocorrem em pessoas que já apresentam outras doenças associadas, há dificuldade de respiratória aguda e insuficiência renal.

TRANSMISSÃO – São por meio de três formas:

1 - Por vias respiratórias, pelo ar e por gotículas provenientes de espirros e da fala de indivíduos infectados;

2 - Por contato físico, quando essas gotículas com o vírus alcançam mucosas do olho, nariz e boca por meio de beijos e abraços;

3 - Por meio do contato de superfícies contaminadas, quando essas gotículas com o vírus ficam depositadas em locais como um corrimão ou uma maçaneta, e depois entram em contato com mucosas do olho, nariz e boca.